Saúde e bem-estar: sempre há uma esperança

Fisioterapeuta formada há nove anos, a Dra. Juliana Cris- tina Vieira costuma dizer que a fisioterapia escolheu e des- taca que ajudar outras pes- soas com apenas um toque é gratificante. A fisioterapia é uma ciência do movimen- to, que dia após dia cresce mais, ganha reconhecimento e respeito, tanto entre profis- sionais da saúde como tam- bém entre os pacientes. “Ser fisioterapeuta é aprender todos os dias que uma dor é apenas a ponta do iceberg do complexo corpo huma- no. Gosto sempre de dizer que os médicos dão a vida e é o fisioterapeuta que ensina as pessoas a andar”, afirma. Confira a entrevista que ela concedeu ao Boas Notícias sobre a profissão.

Pilates e osteopatia

A procura de alternativas, como o pilates e osteopatia, para cuidar da saúde cresceram com a pandemia. Com a saúde em evidência,
não posso deixar de reforçar que o Pilates e a Osteopatia contribuem muito para manter o equilíbrio do corpo. O Pilates, por manter o corpo em movimento, desde a criança ao idoso, devolvendo a flexibilidade, mobilidade e força muscular ao corpo, com exercícios sem impacto e que se adaptam a todos. E a Osteopatia, por devolver a funcionalidade ao corpo apenas com as mãos, é uma filosofia que me encanta todos os dias, não apenas na clínica como também na vida. Buscamos norma- lizar as funções do corpo e deixar que ele mesmo encontre o caminho da saúde dentro dele. É uma filosofia que um médico americano criou (Andrew Taylor Still) há mais de 100 anos e temos a oportunidade de hoje contribuir para sua popularização. Por ser uma terapia manual tem poucas contraindicações e pode ser realizada desde os primeiros dias de vida até ao idoso.

Esperança

Isto sempre me leva a um caso de um pacien-
te que comecei atender quando ainda era uma estagiária, talvez ele nem saiba que significou tanto para mim, mas ele me mostrou o lado humano de ser fisioterapeuta. O paciente chegou até mim seis meses após ter sido alvejado por tiros em um bar e os resquícios de pólvora afetou sua medula espinhal. Não foi nada fácil de lidar com a frus- tração de não poder ca- minhar e ainda por cima ter que se adaptar a nova rotina dele. Atendi ele como estagiária, depois como fisioterapeuta mes- mo. Foi então que conhe- ci o esporte adaptado, ele se desenvolveu muito e ficou super independen- te. Esses dias presenciei ele dar uns passos com muletas em um vídeo nas redes sociais. Chorei de felicidade de ter tido a oportunidade de regar um pouquinho da saúde que existia dentro dele.

Pandemia

Hoje, vivendo essa Pande- mia, conheci outra paciente que chegou até meu consultório após passar mais de 20 dias intubada
na UTI. Ela estava na cadeira de rodas e nem conversava comigo, pois estava muito fraca. Fomos muito persistente e ela confiou no meu trabalho a ponto de não desistir da sua recupera- ção e hoje está retornando aos poucos sua atividade de vida diária. São histórias como essa que me inspiram dia após dia a continuar estudar o movimento.

Saúde física e mental

Neste período a área da saúde está em evi- dência e com toda essa pandemia não podemos re- clamar de declínio nos nossos atendimentos, muito
pelo contrário, nossas agendas estão lotadas, até porque a pandemia trouxe uma reflexão importan- tíssima para as pessoas, que é o cuidado com sua saúde física e mental, para manter a imunidade do corpo elevada e caso necessite, passar por al- guns desafios de forma mais leve. É claro que ti- vemos que nos adaptar a toda situação também, hoje contamos com atendimentos presenciais e online, com horário marcado e individualizado tanto na área da psicologia como na área da fi- sioterapia, e passamos a cuidar muito mais – já eram tomados todos os cuidados que a vigilância sanitária exige – das exigências sanitárias.

Espaço multifuncional

Neste período a área da saúde está em evi- dência e com toda essa pandemia não podemos re- clamar de declínio nos nossos atendimentos, muito
pelo contrário, nossas agendas estão lotadas, até porque a pandemia trouxe uma reflexão importan- tíssima para as pessoas, que é o cuidado com sua saúde física e mental, para manter a imunidade do corpo elevada e caso necessite, passar por al- guns desafios de forma mais leve. É claro que ti- vemos que nos adaptar a toda situação também, hoje contamos com atendimentos presenciais e online, com horário marcado e individualizado tanto na área da psicologia como na área da fi- sioterapia, e passamos a cuidar muito mais – já eram tomados todos os cuidados que a vigilância sanitária exige – das exigências sanitárias.

Nós temos um auditório para eventos e cursos pequenos, e uma biblioteca solidária
na qual os pacientes levam livros para ler em casa e depois devolvem. Quem quiser pode contribuir deixando livros que estão parados em casa,temos livros tanto para adultos como para crianças.

Pilates e osteopatia

“A procura de alternativas, como o pilates e osteopatia, para cuidar da saúde cresceram com a pandemia. Com a saúde em evidência,
não posso deixar de reforçar que o Pilates e a Osteopatia contribuem muito para manter o equilíbrio do corpo. O Pilates, por manter o corpo em movimento, desde a criança ao idoso, devolvendo a flexibilidade, mobilidade e força muscular ao corpo, com exercícios sem impacto e que se adaptam a todos. E a Osteopatia, por devolver a funcionalidade ao corpo apenas com as mãos, é uma filosofia que me encanta todos os dias, não apenas na clínica como também na vida. Buscamos norma- lizar as funções do corpo e deixar que ele mesmo encontre o caminho da saúde dentro dele. É uma filosofia que um médico americano criou (Andrew Taylor Still) há mais de 100 anos e temos a oportunidade de hoje contribuir para sua popularização. Por ser uma terapia manual tem poucas contraindicações e pode ser realizada desde os primeiros dias de vida até ao idoso”.

Deixe um comentário