Aprovada proibição à exigência de comprovante de vacinação em estabelecimentos

A proposição do vereador Romulo Quintino (PL) retorna para segunda votação na próxima sessão, nesta terça (12).

Flávio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC

Foi aprovado por 17 votos a 3, na sessão desta segunda-feira (11), o Projeto de Lei nº 19/2022, que veda a exigência de comprovante de vacinação contra a covid-19 para acesso a estabelecimentos públicos e privados em Cascavel. A proposição do vereador Romulo Quintino (PL) retorna para segunda votação na próxima sessão, nesta terça (12).

O proponente justifica a proposição como defesa da liberdade de quem, por circunstâncias pessoais ou objeção de consciência, decida não participar da campanha de vacinação. “O cerne da questão suscitada, não é ser contra a vacina, ou qualquer meio de imunização como ferramenta para salvar vidas. Pelo contrário, ser a favor de que cada pessoa exerça sua liberdade de escolher se vacinar ou não, sem que isso se torne uma condição para o exercício de outros direitos”, alega Romulo.

(Assessoria/CMC)

Relacionadas

Leave a Comment