Bolsista do Geração Olímpica, atleta da canoagem tem chance de medalha em Tóquio

Ana Sátila avançou à semifinal da canoagem slalom C1 e volta a competir nesta quinta-feira, às 2 horas. Também bolsista do programa do Governo do Estado, Ághata e a companheira Duda decidem vaga no vôlei de praia nesta quinta.

A atleta Ana Sátila, bolsista do programa Geração Olímpica, segue sendo uma esperança de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ela avançou às semifinais da canoagem slalom C1 feminino em disputa durante a madrugada desta quarta-feira (28).

A paranaense fez dois bons tempos nas suas descidas – sendo a segunda com melhor desempenho – e se classificou em 4º lugar dentre as 18 atletas que passam de fase. A próxima etapa será já na madrugada desta quinta-feira. Ana Sátila deve competir aproximadamente às 2h.

No começo da semana, Ana Sátila foi eliminada na semifinal da canoagem slalom K1, no Centro de Canoagem Slalom Kasai.

VÔLEI DE PRAIA – Ágatha Bednarczuk, também paranaense e bolsista do Geração Olímpica, volta à disputa nesta quinta-feira (29), às 9h (horário de Brasília). A dupla Ágatha e Duda terá sua primeira “final” na atual edição das Olimpíadas após uma vitória e uma derrota. O confronto diante da dupla canadense, Heather Bansley e Brandie Wilkerson, será decisivo para a classificação para a fase eliminatória.

PARANÁ – A delegação de atletas paranaenses que está em Tóquio é a maior da história do Estado. Ao todo, 35 representantes do Paraná na capital japonesa. Do grupo deste ano, 34 são bolsistas do programa Geração Olímpica.

Programa do Governo do Estado desenvolvido pela Superintendência Estadual do Esporte, o Geração Olímpica é a maior iniciativa em nível estadual de incentivo ao esporte na modalidade bolsa-atleta do País. Em 2021 está completando dez anos. Nesse período, mais de 10 mil atletas e técnicos do Paraná receberam bolsas em forma de apoio financeiro.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment