Cascavel atrai grandes investimentos também no setor imobiliário

Atraída pela potencialidade da cidade e região, empresa começa a montar “fábrica de prédios” e pretende construir 11 mil apartamentos na cidade

Divulgação/Secom

Referência nacional e considerada a terceira melhor cidade do País pelo Prêmio Cidades Excelentes, Cascavel tem atraído grandes investimentos nos mais diferentes segmentos. As políticas públicas  de desburocratização que culminaram com a consolidação da RedeSim, que permite a criação de uma empresa em poucos cliques, têm facilitado a vida dos empreendedores.

Cascavel tem atraído investimentos em várias áreas, entre elas estão os setores imobiliário e construção civil. Prova disso é um empreendimento que projeta a construção de 11.600 apartamentos em um residencial inovador voltado à habitação popular, porém, proporcionando conforto aos moradores em uma área que valoriza a sustentabilidade na região do Contorno Oeste.

O modelo de edificação usa tecnologia alemã e constrói os edifícios em tempo recorde. Na semana passada, a empresa responsável iniciou a construção da “fábrica de prédios”, uma estrutura física com 20,5 mil  metros quadrados que estará funcionando em maio de 2022. As máquinas para produzir o material utilizado na construção devem embarcar na Alemanha em abril.

O prefeito Leonaldo Paranhos esteve visitando as obras e disse que o local será uma cidade planejada que dará oportunidade aos moradores de Cascavel que ainda não possuem moradia e às famílias que estão chegando ao município oriundas de outros lugares.

Paranhos afirmou que irá assinar um decreto que dará prioridade total na hora da aquisição dos apartamentos às pessoas que ainda não possuem casa própria.  “Não que nós queremos proibir qualquer tipo de investimento de pessoas que queiram vender seus imóveis, mas primeiro queremos garantir às pessoas que não têm casa”, diz.

O prefeito lembra que há previsão de forte crescimento da cidade para os próximos dez anos e ressalta que é preciso crescer com qualidade de vida e desenvolvimento. É justamente a potencialidade e o espírito empreendedor da cidade que tem atraídos investimentos ao município. “É um projeto único no Brasil e Cascavel está sendo a primeira célula. Esse programa vai chegar em outros lugares, mas nasce em Cascavel porque a nossa cidade é, de fato, empreendedora”, enfatiza.

Cronograma

A expectativa da empresa é colocar a “fábrica de prédios” em operação até o final de 2022 e de entregar 12 prédios em 2023, os primeiros entre março e abril. Serão 1.080 apartamentos entregues em 2023 e outros 2.160 em 2024. Até 2025, a previsão é entregar 5.580 apartamentos. No total, serão 11.600 apartamentos.

O projeto prevê que entre 2026 e 2032 sejam entregues cinco mil apartamentos por ano para outras cidades, já que o modelo implantado em Cascavel servirá como referência para o unidades semelhantes que serão construídas em outros municípios. A estrutura desses edifícios serão “fabricadas” em Cascavel.

O empresário Francisco Simeão, responsável pelo empreendimento, diz que os valores dos imóveis serão ratificados 60 dias antes da entrega dos apartamentos aos inscritos, mas hoje um apartamento de 55m²,com dois quartos e uma vaga coberta na garagem, teria prestação mensal de R$ 996,00.

Já para os apartamentos de 75m², com três quartos e duas garagens cobertas, a prestação seria de R$ 1.395,00. Neste caso, os apartamentos serão entregues com fogão, geladeira, forno de micro-ondas e máquina de lavar roupas.

(Secom)

Relacionadas

Leave a Comment