Cascavel, Cianorte e Quatro Pontes são destaques do Prêmio Band Cidades Excelentes

Premiação anual reconhece e incentiva propostas de gestão pública que procurem melhorar a qualidade de vida nos municípios.

© Kraw Penas/SECC

Cascavel, Cianorte e Quatro Pontes foram os municípios paranaenses que mais se destacaram na cerimônia de entrega do Prêmio Band Cidades Excelentes, promovido pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação em parceria com o Instituto Aquila. Os vencedores da etapa estadual da edição 2021 foram revelados nesta quinta-feira (21), em cerimônia no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.

A premiação, realizada pela primeira vez neste ano, reconhece e incentiva propostas de gestão pública que procurem melhorar a qualidade de vida nos municípios. As cidades são premiadas em seis categorias: geral, eficiência fiscal, educação, saúde e bem-estar, infraestrutura e desenvolvimento socioeconômico.

Em cada categoria foram premiados três municípios, divididos segundo seu tamanho: até 30 mil habitantes, 30 mil a 100 mil habitantes e acima de 100 mil habitantes. No total, foram 18 vencedores na etapa regional do prêmio. Os três municípios finalistas da categoria geral – Cascavel (Oeste), Cianorte (Noroeste) e Quatro Pontes (Oeste) – seguem para a etapa nacional, que ocorre em novembro em Brasília, com finalistas dos demais estados.

João Evaristo Debiasi, secretário estadual da Comunicação Social e da Cultura, destacou que o prêmio reconhece os esforços dos gestores bem-sucedidos. “Ninguém mora em um país ou estado. A gente mora na rua, no bairro, no município. É na cidade que a vida efetivamente acontece. É hora de brindar e celebrar os gestores que, dentro de um espírito de serviço público pelo bem comum, se dispõem a entregar o melhor que têm de si para a sociedade”, ressaltou.

“Iniciativas como essa só vêm coroar a importância dos municípios, onde vivemos no nosso dia a dia”, acrescentou.

Uma das categorias avaliadas, a educação, foi um dos maiores desafios enfrentados pelos municípios durante a pandemia. O secretário estadual de Educação, Renato Feder, ressaltou que o resultado da qualidade municipal nesta área é diretamente proporcional à boa gestão dos recursos aplicados.

“O dinheiro gasto por aluno em educação é muito semelhante entre os municípios, sejam eles pequenos ou grandes – mas o resultado é muito diferente, vinculado ao gestor responsável. Dependendo do cuidado pedagógico, o resultado pode ser ótimo ou horrível. Isso foi visto durante a pandemia e no volta às aulas: a qualidade da educação depende de quão técnico é o gestor”, apontou Feder.

AVALIAÇÃO

Para indicar os finalistas, o Instituto Aquila avalia todos os 5.570 municípios brasileiros com indicadores específicos em cada categoria. João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, explicou que esta primeira edição do prêmio é resultado de 13 anos de planejamento e aperfeiçoamento da metodologia utilizada pelo instituto.

“Buscamos fazer o Oscar da gestão pública, procurando premiar quem melhor cuidou do seu município sob vários ângulos. Para isso, tivemos que buscar dados em todos os municípios brasileiros, padronizando e parametrizando as informações para poder comparar um serviço feito em uma cidade pequena com aquele de uma cidade grande”, ressaltou.

Na categoria de infraestrutura, por exemplo, foram avaliados a oferta de serviços coletivos urbanos, o percentual de abastecimento de água e a frota de veículos por habitante. Na saúde, contam indicadores como cobertura estratégica de saúde da família, expectativa de vida e número de leitos e profissionais da saúde por habitantes. Já o desenvolvimento econômico leva em conta o PIB per capita, o índice GINI e a porcentagem da população economicamente ativa empregada, entre outros.

Na educação, entram critérios como analfabetismo, expectativa de anos de estudo e gastos em educação. Na eficiência fiscal, avaliam-se porcentagem de endividamento, autonomia fiscal, investimento per capita e índice de transparência. Já na geral, é levado em consideração uma média de todas as categorias.

CIDADES PARANAENSES

No Paraná, além da categoria geral, foram premiadas Pato Bragado, Marechal Cândido Rondon, Pinhais, Nova Aurora, Medianeira, Apucarana, Jussara, Laranjeiras do Sul, Lobato, Maringá e Rolândia.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment