Cascavel é reconhecida pela Organização Pan-Americana de Saúde por iniciativa durante a pandemia

A iniciativa que levou o reconhecimento foi o trabalho de implantação de três call centers, que direcionou as equipes a atendimentos específicos às demandas sociais
Cascavel foi reconhecida pela Organização Pan-Americana de Saúde  (Opas) no Brasil e  pelo Ministério da Saúde devido a atuação dos assistentes sociais e residentes que atuam na Atenção Primária à Saúde durante a pandemia de Covid-19.

A iniciativa que levou o reconhecimento foi o trabalho de implantação de três call centers, que direcionou as equipes a atendimentos específicos às demandas sociais de Covid-19, dengue, doenças crônicas, gestantes, saúde mental, protocolos de medicamentos especiais e distribuição de medicamentos.

Para o teleatendimento, foram usadas ferramentas como WhatsApp, planilha do Google Drive e CamScanner que auxiliou no

processo. Para atender a demanda, 49 profissionais de serviço social foram remanejados para a Secretaria de Saúde.

Somente no período de 23 de março a 1º de junho do ano passado, foram contabilizados mais de 10 mil registros de teleatendimentos para orientação e monitoramento de casos suspeitos de Covid-19 e mais de 18 mil para agendamentos de consultas e outros serviços de saúde. O objetivo do teleatendimento foi diminuir o risco de agravo à saúde devido ao comprometimento no atendimento dos serviços pelo isolamento social.

A iniciativa “APS Forte no SUS no combate à pandemia de Covid-19” selecionou as melhores ações desenvolvidas pelos municípios e fez o reconhecimento no âmbito da Atenção Primária em Saúde.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment