Colégios cívico-militares de Umuarama recebem 1.837 kits de uniformes

São duas camisetas brancas, agasalho de educação física e blusão de moletom para cada aluno.

Jonathan Campos/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quinta-feira (04) mais 1.837 kits de uniformes para três colégios estaduais cívico-militares (CECM) de Umuarama, no Noroeste do Paraná. Os kits são compostos por duas camisetas brancas, agasalho de educação física e blusão de moletom, e são destinados aos quase 2 mil estudantes matriculados nas escolas. A entrega em Umuarama faz parte de um pacote de 125 mil kits destinados aos alunos dos 197 colégios cívico-militares do Estado.

A solenidade de distribuição em Umuarama foi realizada no CECM Monteiro Lobato, uma das três instituições de ensino favorecidas – foram 648 kits para a unidade. As outras duas escolas contempladas são os colégios Dra. Zilda Arns, com 533 kits, e o Padre Manuel da Nóbrega, com 656 kits.

“O Governo do Estado busca cada vez mais uma educação de qualidade, focada no aprendizado do aluno. Queremos uma escola moderna, que alie o ensino à tecnologia, por isso implementamos aulas de robótica, programação e educação financeira”, afirmou o governador. “E, claro, o projeto das escolas cívico-militares faz parte deste planejamento. Serão quase 200 em todo o Estado, em mais um passo que damos para fazer com que o Paraná tenha a melhor educação pública do País”.

O valor total investido pela Secretaria estadual da Educação e do Esporte nos 125 mil kits é de R$ 45,64 milhões – 34,63% menos em comparação ao valor máximo inicial previsto no pregão eletrônico, de R$ 69,82 milhões. “São ações que já estão surtindo efeito, com escolas mais organizadas e alunos e professores mais satisfeitos nas salas de aula”, afirmou Ratinho Junior.

PARCERIA

Os colégios cívico-militares são uma parceria entre as secretarias estaduais da Educação e da Segurança Pública e compartilham a gestão entre um diretor civil e um militar. Enquanto o civil é responsável por questões pedagógicas, o militar administra infraestrutura, patrimônio, finanças, segurança e atividades cívico-militares.

O novo formato disponibiliza aos estudantes aulas adicionais de Português, Matemática e Civismo, disciplina que dá ênfase ao estudo de leis e cidadania. Aulas de Educação Financeira também são ministradas aos estudantes do Ensino Médio.

“Esse é um projeto idealizado e desenvolvido pelo governador Ratinho Junior que, não tenho a menor dúvida, já está fazendo a diferença na educação do Paraná”, ressaltou a chefe do núcleo regional de educação de Umuarama, Gilmara Zanata.

“Com essa mudança para cívico-militar, nossa escola caminha para ser de excelência no Paraná”, acrescentou o diretor-geral do colégio Monteiro Lobato, Wilson Batista da Silva.

Atualmente, são 197 colégios da rede estadual integrando o novo modelo. A adesão ao formato foi resultado de consulta pública com professores, funcionários, alunos maiores de 18 anos e pais e responsáveis legais dos estudantes das escolas. Cada escola tem de dois a quatro monitores militares, quantidade que varia pelo número de alunos.

“Ações como essa do Governo do Estado estão mudando a realidade de Umuarama”, destacou o prefeito Hermes Pimentel.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment