Condomínio para idosos de Prudentópolis tem inscrições prorrogadas até quarta-feira

Pessoas acima de 60 anos e com renda de até seis salários mínimos podem participar da seleção a partir do preenchimento da ficha cadastral no site da Cohapar.

Alessandro Vieira

A Cohapar prorrogou até o fim desta quarta-feira (10) o prazo de inscrições para a seleção das 40 moradias do condomínio para idosos de Prudentópolis. O empreendimento habitacional do Governo do Estado está em fase final de construção e deverá ser entregue aos beneficiários selecionados pela companhia nos próximos dias na cidade, na região Centro-Sul do Paraná.

As inscrições devem ser feitas no site da Cohapar. Podem participar do processo seletivo pessoas acima de 60 anos sozinhas ou casadas, com renda de um a seis salários mínimos e que não possuam casa própria. Os beneficiários poderão residir nos imóveis por tempo indeterminado com o pagamento de um aluguel social de 15% de um salário mínimo, atualmente em R$ 165 ao mês, utilizado para a manutenção do condomínio.

Segundo a analista em desenvolvimento social da Cohapar, Angelita de Souza, o prazo foi prorrogado para permitir que todas as unidades habitacionais sejam ocupadas logo após a inauguração do empreendimento. “Estamos com o processo seletivo do condomínio do idoso aberto e restam ainda algumas vagas, por isso estabelecemos a nova data de corte”, informa.

“As pessoas podem se cadastrar até as 23h59 desta quarta-feira e quem tiver dúvidas ou dificuldades com o cadastro pode entrar em contato com a regional da Cohapar pelo telefone (42) 3630-2750 ou via mensagem de WhatsApp pelo número (42) 3630-2760”, conclui Angelita.

Também é possível realizar a inscrição com a ajuda de técnicos municipais no Departamento de Habitação de Prudentópolis, na Rua Rui Barborsa, 801, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

INFRAESTRUTURA – O conjunto residencial conta com 40 imóveis de 42 metros quadrados cada, com um quarto, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com espaços adaptadas para uso dos idosos com conforto e segurança.

Os moradores terão também com uma série de espaços de uso comum, como academia ao ar livre, ambulatório, salão de festas, biblioteca e horta comunitária, além de áreas de convivência. O complexo ainda é fechado com muros e conta com portão, guarita e sistema de vigilância 24 horas por dia.

CONTRAPARTIDAS MUNICIPAIS – A diretora do Departamento de Habitação de Prudentópolis, Jane Diniz Poli, explica que além do auxílio cadastral, a prefeitura ofereceu outras contrapartidas para viabilização do projeto. “O município fez a doação do terreno onde o condomínio está sendo construído, assim como obras de infraestrutura, em especial as vias de acesso ao empreendimento”, afirma Jane.

Após a conclusão e entrega das moradias, a Prefeitura de Prudentópolis também prestará serviços públicos periódicos aos futuros moradores. “Teremos atendimento médico no ambulatório, além da atuação de psicólogos, assistentes sociais e profissionais do esporte, com foco na saúde e bem-estar”, afirma a diretora de Habitação.

VIVER MAIS

Prudentópolis será a terceira cidade a receber um condomínio para idosos. O projeto faz parte do programa Casa Fácil, na modalidade Viver Mais, com empreendimentos entregues em Jaguariaíva e Foz do Iguaçu, além de obras e projetos em andamento em outros 18 municípios.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment