Dengue: casos aumentam mais de 60% em uma semana e Saúde alerta para os cuidados

População precisa tomar os devidos cuidados, eliminar água parada e manter os quintais limpos para afastar os riscos

Foto: Vanderlei Faria/Secom

O novo relatório arbovirose divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) nesta quarta-feira (16) mostra uma situação preocupante com relação à dengue. Em uma semana, o número de casos aumentou mais de 60% e chega a 236 notificações positivas para a doença. Outros 159 casos suspeitos aguardam resultado de exames.

A Divisão de Vigilância em Saúde Ambiental está concluindo hoje o novo Levantamento de Índice Rápido e Amostral (LIRAa), pesquisa realizada em toda a cidade para avaliar a infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor não apenas da dengue, mas da chikungunya e zika.

De acordo com Clair Wagner, a analise preliminar dos números é preocupante e mostra que, provavelmente, a infestação será de “alto risco”, já que os agentes de endemias têm encontrado muitos focos do mosquito.

“Isso significa que a população não está fazendo o dever de casa, não está assumindo a sua responsabilidade. Uma vez por semana é necessário, urgente, que a população verifique seu espaço, desde a calha ao pote de alimentação do animal de estimação, qualquer lugar que acumule água”, diz Clair. “Nós estamos saindo de uma pandemia de covid-19 e não queremos entrar numa epidemia de dengue”, completa.

Os agentes de endemias levam informações e orientações, mas cabe a cada morador promover a limpeza dos espaços e eliminar focos. Dúvidas podem ser tiradas pelo telefone 3902-1769.

O secretário de Saúde Miroslau Bailak lembra há um surto epidêmico de dengue em Cascavel e que as regiões dos bairros Coqueiral e Cancelli apresentam o maior número de casos. Ele destaca que a dengue é uma doença agressiva que provoca fortes dores e que o cuidado para o controle dos casos cabe a cada morador. “A dengue não passa de pessoa para pessoa, mas se alastra pela pessoa que não cuida do seu entorno”, enfatiza.

Na manhã de hoje, uma reunião no Senac discutiu a situação preocupante dos casos de dengue nos municípios da região.

(Secom)

Relacionadas

Leave a Comment