Em parceria com a Audi, Paraná lança projeto que vai levar teatro para crianças de 96 municípios

O projeto propõe a descentralização e o acesso a bens culturais por meio de apresentações e ações de mediação teatral a crianças de vários lugares do Estado, em conformidade com as premissas do Plano Estadual de Cultura.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Projeto Crianças no Teatro, com incentivo da Audi do Brasil, começou a ganhar corpo nesta quinta-feira (5) com a assinatura de um termo de parceria entre o Governo do Estado e a Audi Brasil. Participaram do ato o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o diretor-presidente da Audi Brasil, Daniel Rojas, a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira, e o secretário da Fazenda, Renê Garcia Junior.

O projeto propõe a descentralização e o acesso a bens culturais por meio de apresentações e ações de mediação teatral a crianças de vários lugares do Estado, em conformidade com as premissas do Plano Estadual de Cultura.

Com o intuito de estimular o bom hábito de ir ao teatro e promover formas de acesso, inclusão social e formação de plateia, a iniciativa irá impactar um total aproximado de 102,5 mil crianças da rede pública de ensino com idades entre 6 e 12 anos de 96 municípios.

As companhias teatrais paranaenses vão se apresentar para esses meninos e meninas em 16 municípios distribuídos nas oito macrorregiões histórico-culturais do Estado.

O governador contou que a ideia do projeto surgiu ao constatar que muitos municípios têm teatros subaproveitados. Ao mesmo tempo, milhares de crianças de origem humilde nunca tiveram acesso a um espetáculo. “Eu tenho uma memória afetiva do teatro. Eu fui a alguns espetáculos levado pela escola pública onde estudei. E lembro até hoje. Por isso, pedi um projeto para darmos vida aos teatros e colocar o máximo de crianças de escolas públicas para participar desses eventos”, afirmou.

A Audi entra no processo com o apoio financeiro. “Queremos que os meninos e meninas tenham uma experiência incrível nos próximos meses. Estamos muito comprometidos para continuar com esse projeto, que é uma iniciativa que orgulha a todos nós”, afirmou Daniel Rojas.

As peças terão como tema os clássicos da literatura infantil e serão apresentadas por companhias paranaenses a serem selecionadas por processo de edital, que ainda será aberto. O projeto também propõe a realização de mediações culturais executadas antes ou depois de cada apresentação, com o objetivo de despertar e sensibilizar o público para outros sentidos da obra artística, possibilitando que ele se relacione e se familiarize com a arte teatral através de atividades práticas e pedagógicas.

“O apoio da iniciativa privada foi fundamental e o Estado vai entrar com uma parte do investimento para fazer o transporte das crianças até o teatro. Proporcionar o contato com o teatro para essas crianças é importante também para as companhias, que passaram tanto tempo sem produção e sem encontrar o público”, disse a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira. “É um projeto em que todas da área da cultura e da educação saem ganhando”.

FORMAÇÃO DOS PROFESSORES

Além de atividades com os alunos, o projeto visa orientar educadores e pedagogos, reproduzindo através de uma cartilha digital atividades teatrais que podem ser desenvolvidas nas escolas. Assim, os profissionais que estão na linha de frente, diretamente em contato com os alunos, podem continuar a desenvolver atividades teatrais e fomentar tal prática em suas respectivas escolas.

CRONOGRAMA

O projeto Crianças no Teatro será realizado entre maio a setembro de 2022, tendo sua circulação pelos municípios do Paraná nos meses de agosto e setembro. A gestão do projeto será do PalcoParaná, Serviço Social Autônomo (SSA) sem fins lucrativos, vinculado à SECC.

Os 16 municípios com apresentações serão: Curitiba, São José dos Pinhais, Campina Grande do Sul, Paranaguá, Antonina, Pato Branco, Francisco Beltrão, Guarapuava, União da Vitória, Maringá, Campo Mourão, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Londrina, Cornélio Procópio, Cascavel e Foz do Iguaçu.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment