Escola JK é entregue à comunidade totalmente revitalizada

Unidade escolar passou por reforma em todos os espaços e agora conta um ambiente adequado e a tão sonhada acessibilidade

Foto: Vanderlei Faria-Secom

A terça-feira (3) até começou carrancuda, com muita chuva em Cascavel, mas o tempo não foi capaz de ofuscar o colorido da mais nova escola revitalizada por meio do Programa Escola Feliz, que combinado com o brilho nos olhos dos alunos e da comunidade da Escola Juscelino Kubitschek, tornaram a entrega oficial da obra ainda mais especial, nesta manhã.

O impacto da transformação pela qual a unidade escolar passou, nota-se logo na entrada, com um belo portal de identificação, com o nome da escola. Portão adentro é possível afirmar que cada novo espaço encanta os grandes e os pequenos. A Escola JK agora é acessível, tem um belo parquinho, um ajardinamento impecável, móveis e equipamentos novos, além da estrutura revitalizada, que se confunde com uma construção nova.

Mais uma unidade escolar que se enquadra na proposta de Educação pelo qual o prefeito Leonaldo Paranhos tem trabalhado deste 2017. “Já passamos de 78 escolas e Cmeis no qual fizemos algum tipo de intervenção, por que a gente queria que esse cenário colorido, aconchegante, o sorriso das crianças pudesse de fato ser uma realidade, que a criança pudesse querer ir à escola e encontrasse aqui aquilo que já temos de melhor”, disse o prefeito, referindo-se à qualidade do Ensino na Rede Municipal de Cascavel.

O investimento na obra entregue na manhã de hoje foi de mais de R$ 2,8 milhões, sem considerar todo o investimento que foi feito em móveis e equipamentos para a nova estrutura. A secretária de Educação, Marcia Baldini, lembrou que a reforma da Escola Juscelino Kubitschek sempre esteve no planejamento e que é gratificante poder entregar a obra pronta para a comunidade escolar. “Eu tenho certeza que aquilo que é investido em um prédio que forma cidadãos é o que realmente vale a pena”.

Marcia Baldini entaleceu o trabalho da atual diretora e das diretoras que a antecederam e que prestigiavam a entrega, assim como todos os profissionais envolvidos no processo de reforma e na preparação para a entrega oficial. A secretária também estendeu os agradecimentos à equipe de servidores da Escola JK, que passaram pelo processo de reforma em plena pandemia, chegando a trabalhar em três espaços distintos: na própria escola, no Cmei Sonho de Criança e na Escola Adolival Pian.

“Quero também aqui agradecer aos professores desta escola, que muito também se sacrificaram, afinal ficaram em três espaços improvisados, neste período de reforma, que se estendeu um pouco além do que o prazo previsto, mas tudo valeu a pena”.

E se “valeu a pena”, isso que pode afirmar são os alunos, os pais e os professores, que por anos aguardavam por um processo amplo de reforma na escola. A diretora Tatiana Marchetti conta que desde que começou a trabalhar na unidade aguardava por esta intervenção, principalmente em termos de acessibilidade, e comemora o fato de ver a revitalização concretizada.

“Quando vim trabalhar nesta escola, em 2004, já se falava da necessidade de reforma geral e organização de alguns espaços e após 18 anos eu posso presenciar a efetivação deste processo. A escola está linda, alegre, colorida, mas o caminho para chegar até aqui foi árduo”, finalizou.

(Secom)

Relacionadas

Leave a Comment