Huop volta a permitir permanência de acompanhantes no Centro Obstétrico

Todos os acompanhantes devem passar pela triagem e informar qualquer sintoma sugestivo de Covid-19, ou contato com pessoas próximas com a doença.

José Fernando Ogura/AEN

O Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) volta a permitir a permanência de acompanhantes no Centro Obstétrico, a partir de segunda-feira (18). A suspensão das visitas foi necessária para evitar o contágio da Covid-19 no setor, que apresenta espaço reduzido para internamento. Com a diminuição de novos casos e internamentos pela doença, o hospital retoma a possibilidade da permanência do acompanhante à gestante e puérpera, seguindo a orientação do setor e rotina.

Todos os acompanhantes devem passar pela triagem e informar qualquer sintoma sugestivo de Covid-19, ou contato com pessoas próximas com a doença. Além disso, é necessário seguir as recomendações para evitar o contágio da Covid-19, como higienização das mãos, uso de máscara cirúrgica, uso de paramentação quando necessário, distanciamento social, entre outros.

As gestantes e puérperas que estiverem com acompanhante não poderão receber visitas com objetivo de manter o distanciamento social. Além disso, o acompanhante não poderá pernoitar na instituição em razão da falta de espaço físico para acomodação.

Nas demais unidades é permitido visitas, e acompanhantes para pacientes amparados por lei, menores de 18 anos e maiores de 60 anos.

(Assessoria)

Relacionadas

Leave a Comment