Mais de 50 mil famílias já utilizam o Cartão Comida Boa no Paraná

O investimento até o momento foi de R$ 3,4 milhões.
 Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Governo do Paraná já distribuiu 50.101 cartões do programa Comida Boa aos 399 municípios do Estado. A iniciativa auxilia a população mais vulnerável com um crédito de R$ 80 para ser utilizado em estabelecimentos conveniados para a compra de artigos de necessidade imediata.

No total, o programa deve atingir, em todo o Estado, cerca de 90 mil famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que não são atendidas pelo programa de transferência de renda do governo federal (Auxílio Brasil). O principal objetivo é contribuir para a erradicação da pobreza, garantia da segurança alimentar e a redução da desigualdade social no Estado.

Segundo o balanço parcial da distribuição, iniciada em dezembro, as regionais de Curitiba (11.969), Londrina (9.999), Ponta Grossa (2.909) e Maringá (2.892) foram as que distribuíram mais cartões até o momento. Elas compreendem as áreas mais populosas do Estado. Alguns municípios já entregaram tudo o que receberam, com 100% de atendimento.

O investimento até o momento foi de R$ 3,4 milhões, valor que representa o montante que as famílias utilizaram.

“O Cartão Comida Boa é um projeto social que vai atender milhares de famílias humildes no Paraná, dando segurança alimentar. E agora é um programa permanente. Cada família recebe um cartão com um crédito para ir ao supermercado, na mercearia mais próxima da sua casa, e pode fazer uma compra de mantimentos básicos – arroz, feijão, farinha, óleo”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“Muitas pessoas ficaram em dificuldade para comprar artigos de necessidade imediata em casa com a pandemia. O Cartão Comida Boa chega para garantir a sobrevivência dessas famílias”, completou o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. A Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, responsável pelo programa, disponibiliza um site para esclarecimento de dúvidas (https://www.justica.pr.gov.br/ComidaBoa).

ENTREGA

Para que o benefício chegue o mais rápido possível nas mãos das famílias, cada município promove uma força-tarefa para entregar os cartões a seus titulares. Os beneficiários têm 90 dias para retirar o cartão. Após esse período, ele é bloqueado.

A orientação da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho é fazer a entrega através dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). No entanto, cada município tem autonomia para definir os locais. Em caso de dúvidas, o beneficiário deve entrar em contato com a área de assistência social do município.

O programa prevê que, a cada 90 dias, seja gerada uma nova lista de beneficiários, verificando se as famílias continuam atendendo aos critérios de habilitação. Aqueles que não estiverem mais enquadrados no programa terão o cartão cancelado.

MERCADOS

Estabelecimentos comerciais de todos os municípios do Paraná podem fazer o credenciamento para venda de produtos aos beneficiários do Cartão Comida Boa. O cadastro pode ser feito diretamente no site da empresa Greencard (AQUI), que venceu a licitação para administrar o cartão do programa, pelo WhatsApp (51) 99796-5759, o telefone (51) 3226-8999 ou pelo e-mail credenciamento@grupogreencard.com.br.

Até agora, quase 4,9 mil estabelecimentos, nos 399 municípios, já estão cadastrados. A ideia é ampliar ainda mais a abrangência do programa, tanto para incentivar a economia local como para facilitar as compras dos usuários, que podem frequentar o comércio próximo à sua casa. Podem participar estabelecimentos de qualquer porte, como pequenos comércios locais, mercearias e mercados.

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment