Paraná lidera a geração de empregos no Sul do País em fevereiro

No ranking nacional, apenas São Paulo e Minas Gerais tiveram desempenho melhor no período.

Foto: Gilson Abreu/AEN

O Paraná foi o estado que mais gerou empregos formais no Sul do País em fevereiro. Foram 28.506 postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro. O saldo é resultado de 169.870 admissões e 141.364 demissões. Santa Catarina criou 28.484 e o Rio Grande do Sul 25.908. No ranking nacional, apenas São Paulo (98.262) e Minas Gerais (36.677) tiveram desempenho melhor no período. Sozinho, o Paraná abriu mais vagas que duas regiões inteiras do Brasil: Nordeste (28.085) e Norte (12.727).

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, o Estado tem saldo de 47.804 postos abertos, ficando atrás apenas de São Paulo (142.513) e Santa Catarina (51.906). O levantamento é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta terça-feira (29) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

“Mais uma ótima notícia que reforça os acertos da política econômica adotada pelo Governo do Estado. Emprego é nossa prioridade, a melhor política social que existe. Por isso o esforço para ampliar a atração de investimentos. De 2019 para cá, do início da nossa gestão, foram mais de R$ 100 bilhões confirmados em investimentos privados. Desempenho que se reflete nesses números robustos de empregos divulgados pelo governo federal”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“E temos não apenas mães e pais de família tendo acesso ao mercado de trabalho, como um grande número de jovens que conseguem seu primeiro emprego, também resultado de políticas públicas do nosso governo, como o programa Cartão Futuro”, acrescentou.

LEVANTAMENTO

De acordo com o Caged, dos estados, 25 registram saldo positivo em fevereiro. Todas as regiões fecharam também no positivo: Sudeste (162.442 postos), Sul (82.898), Centro-Oeste (40.930), Nordeste (28.085), Norte (12.727). No total, o País registrou o acréscimo de 328.507 vagas, resultado de 2.013.143 admissões e de 1.684.636 desligamentos.

MUNICÍPIOS

No Paraná, Curitiba foi a cidade com o maior número de vagas abertas, com saldo de 9.920 postos de trabalho no período. No Interior, a geração de empregos é puxada por Maringá, que teve saldo de 1.211 vagas no período. Na sequência estão Cascavel (1.190), São José dos Pinhais (1.179), Londrina (848), Foz do Iguaçu (699), Ponta Grossa (626), Toledo (621), Araucária (588), Guarapuava (461) e Francisco Beltrão (446).

SETORES

Os dados do Caged revelam que em fevereiro o setor de serviços foi o que mais se destacou no Paraná, com a abertura de 19.709 vagas. Aparecem na sequência indústria (3.264), comércio (2.596), construção (1.518) e agropecuária (1.419).

(AEN)

Relacionadas

Leave a Comment