PCPR amplia apoio social aos policiais civis e familiares

Dentro do projeto Qualidade de Vida no Trabalho foi criado um setor especializado de apoio social. Objetivo é auxiliar servidores ativos e aposentados que necessitem de orientação, encaminhamento para atendimentos ou tratamento de saúde.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) ampliou o projeto-piloto denominado Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) e criou um setor especializado de apoio social aos policiais civis e familiares. A iniciativa é chamada de Serviço de Apoio ao Policial e Família (SAP) e teve início no dia 11 de maio, com a assinatura da Portaria Normativa número 13/2021.

O serviço tem como objetivo promover o auxílio em demandas sociais de servidores ativos e aposentados que necessitem de orientação, encaminhamento para atendimentos ou tratamento de saúde. A iniciativa conta, ainda, com uma equipe de profissionais preparada para oferecer aos policiais civis e familiares o suporte adequado em cada situação.

Para a delegada Daniele Oliveira Serighelli, o serviço surge em um momento necessário na vida do policial civil.  “O SAP oferece, principalmente neste momento, um suporte maior na instituição para enfrentar as dúvidas e dificuldade que a nova realidade nos impôs”, diz a delegada. “Além disso, sempre foi desejo da Polícia Civil estar mais próxima de cada servidor, possibilitando melhores condições de trabalho e melhor qualidade de vida”.

SERVIÇOS – Dentre os atendimentos realizados, está o acompanhamento do estado clínico do policial civil que tem alguma enfermidade ou foi afastado para tratamento de saúde. Atualmente, os profissionais ainda acompanham casos de internamento de servidores vítimas da Covid-19, realizando desde ligações telefônicas até visitas hospitalares.

Situações sensíveis como tentativas de suicídio ou encaminhamento para tratamento de ajuda devido ao abuso no uso de álcool ou de qualquer outra substância também serão atendidas pelo novo serviço, por meio de ações de orientação e prevenção, auxiliando diretamente o policial ou familiar.

Da mesma forma, em casos de falecimento, o serviço oferecerá aos familiares ajuda e assistência no funeral, poderá organizar o cortejo fúnebre e as devidas homenagens ao policial falecido, além de prestar apoio e acompanhamento durante a fase de luto. Também estão sendo prestadas orientações quanto aos benefícios e direitos do policial civil como, por exemplo, aposentadoria e direitos previdenciários.

SAÚDE MENTAL – O novo serviço continuará atuando, ainda, diretamente na qualidade de vida do policial civil, realizando projetos e elaborando materiais que reforcem a importância da saúde mental do servidor, trabalhando em conjunto com o programa Prumos, da Secretaria de Segurança Pública.

ATENDIMENTO – O servidor ou familiar interessado em algum dos serviços deve entrar em contato pelo e-mail sap.garh@pc.pr.gov.br ou pelo telefone (41) 3235-6519.

Foto: PCPR

(AENPR)

Deixe um comentário