Rampas da Praça do Migrante são lavadas

Defesa Civil não utiliza sabão durante a limpeza para não contaminar a fonte

Divulgação

Equipes da Defesa Civil realizaram na manhã desta quinta-feira (3) uma ampla limpeza nas rampas da Praça do Migrante, em Cascavel. Para lavar o local, foi usado um motor com bomba. De acordo com Márcio Ribeiro, coordenador da Defesa Civil, não foi utilizado sabão na limpeza, para não contaminar a fonte. A ação faz parte do programa Cidade Limpa.

“A água que bate na base da rampa, somada com a poeira, provoca sujeira acumulada e lodo, causando desgaste na tinta e uma aparência de sujeira. Também há muitas pessoas que acabam adentrando a fonte subindo na rampa tem muitos sinais de passos de pés.Isso é perigoso porque a rampa é grande e as pessoas podem sofrer acidentes”, alerta o coordenador.

O local é sinalizado com duas placas informando que é proibido entrar no chafariz e subir nos monumentos que são as rampas, mas mesmo assim algumas pessoas insistem em subir nas rampas.

Durante a limpeza no chafariz, foram encontradas roupas como meias, calças jeans e cuecas no local.

(Secom)

Relacionadas

Leave a Comment