​​Sofrimento Emocional de Estudantes no Ensino Superior é debatido na Câmara

Nesta quinta-feira (17), foi realizado o segundo debate público sobre o tema “Sofrimento Emocional de Estudantes no Ensino Superior”, proposto pelo mandato da vereadora Professora Liliam (PT). Hoje foram analisadas as ações realizadas por cada uma das entidades para criação de uma padronização e um fluxograma que ajudem a construir uma rede de apoio.

As entidades apresentaram as ações de atendimento à estudantes, sendo: Núcleo de Atendimento e Apoio ao Estudante (NAAE) na Faculdade Assis Gurgacz, Núcleo de Assistência Estudantil no Centro Universitário Univel, Centro de Psicologia Aplicada (CPA) na Universidade Paranaense, e Pronto Atendimento Psicopedagógico e Saúde Integrada (PAPSI) na Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

A assistente social Cristiani Bortolotto fez um importante apontamento: “A atenção básica precisa trabalhar a prevenção, pois atualmente um grande número de atendimentos na rede pública são da saúde mental. É preciso dar importância para a ampliação do acesso e isso não se faz sem o Estado”, afirma.

Dentre os encaminhamentos, foi definido que haverá um encontro no dia 17 de março na Unioeste, às 19h, para apresentação do fluxo de atendimento de saúde mental na rede de saúde de Cascavel. O grupo também buscará dialogar com a imprensa para pautar a prevenção ao suicídio de maneira respeitosa e que enfatize quais são as redes de apoio, construção de uma política que vincule ações executadas nas diferentes instituições, capacitação permanente do corpo docente, produção de uma cartilha e projetos de extensão transdisciplinares nas entidades.

Participaram da reunião, representantes da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Faculdade Assis Gurgacz (FAG), Centro Universitário Univel, Universidade Paranaense (Unipar), Ministério Público (Promotoria de Saúde), Conselho Municipal de Educação, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Conselho Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Assistência Social, Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD),  Conselho Regional de Serviço Social (CRESS-PR), Pastoral Universitária, Associação dos Artesãos de Cascavel e assessoria da vereadora Beth Leal e vereador Tiago Almeida.

Foto: Andréia Lysik/ Assessoria Professora Liliam

Assessoria de imprensa/ Professora Liliam

Relacionadas

Leave a Comment