Vereadores entregam na Uopeccan voto de louvor pelos 30 anos de atividade

A entrega aconteceu na sede da Uopecan

Flávio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC

O vereador Cidão da Telepar (PSB), acompanhado do Soldado Jeferson (PV) e do vereador Melo (PP), entregou na manhã desta quinta-feira (05) aos dirigentes da União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer (Uopeccan) o Voto de Louvor e Congratulações pelos 30 anos de existência da entidade. O requerimento que propôs a homenagem em 2021 também foi assinado pelos vereadores Alécio Espínola e Pedro Sampaio, ambos do PSC.

A entrega aconteceu na sede da Uopecan, onde os vereadores foram recebidos pelo presidente Leopoldo Furlan e também por Ciro Antônio Kreuz, presidente do Conselho Superior da entidade, Gladys Rodrigues, gestora de saúde, e Kelyn Aires, gestora de assuntos institucionais.

História

A Uopeccan foi fundada em 12 de junho de 1991. Durante sua trajetória, foram realizados mais de 2,6 milhões de atendimentos, 110 mil internações e 90 mil cirurgias. A instituição atende 800 pessoas por dia, não só de Cascavel, mas de toda a região oeste, além do noroeste, centro-oeste e sudoeste do Paraná. Essa história só foi possível com a iniciativa de um grupo de rotarianos, entre eles Antoninho Ricardo Sabbi, que participou de um curso no Hospital do Câncer, em Paris. “Durante a viagem tive contato com diversas pessoas, observando a forma que a entidade trabalhava em prol de seus pacientes, despertou em mim, a vontade de colocar em prática esse projeto em Cascavel”, destaca o idealizador e fundador da Uopeccan.

No dia 12 de junho de 1991, a União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer nascia e caminhava para se tornar um Centro de Excelência em Oncologia. Antoninho Sabbi, além de ser o precursor, foi o primeiro presidente da instituição entre os anos de 1991 e 1993. Atualmente a entidade possui 610 colaboradores e 110 médicos, sendo que alguns desses profissionais começaram sua carreira profissional na instituição e ali continuam até hoje.

A sede da Uopeccan em Cascavel conta com 104 leitos adultos e 8 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tendo como principal objetivo a prevenção, diagnóstico e o tratamento. O hospital tem 5 salas de Centro Cirúrgico, com profissionais capacitados para atender qualquer tipo de cirurgia de urgência e emergência relacionada à oncologia. A instituição possui uma estrutura para o tratamento do paciente infantojuvenil na ala da Oncopediatria, com 11 leitos e mais 2 leitos de UTI Pediátrica. Além de realizar atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a Uopeccan oferece assistência particular e com Operadoras de Plano de Saúde.

Desde abril de 2000, a Uopeccan disponibiliza todo o serviço de hotelaria na Casa de Apoio para os pacientes e acompanhantes de outras cidades e que precisem de um local para se hospedar durante o tratamento oncológico. Em 2020, ali foram servidos 15.339 cafés, 5.558 almoços e 4.794 jantares, sendo atendidos 1.213 pacientes e 555 acompanhantes. O local tem sala de TV, biblioteca, quartos com estrutura para acomodar 4 pessoas, salão de confraternização e jardins. Além disso, recreações são oferecidas para auxiliar no bem-estar do paciente, como jogos de bingo, baralho e ações que envolvem escolas e parceiros que abraçaram a causa.

A Uopeccan possui ainda uma filial no município de Umuarama, que iniciou suas atividades em 15 de janeiro de 2010, mas foi inaugurada oficialmente em 4 de março de 2016. Um dos marcos históricos para o hospital foi a definição da unidade, em março de 2020, como uma das referências estaduais no acolhimento e atendimento a paciente suspeitos ou confirmados da covid-19.

Outro importante fator a ser ressaltado é a quantidade de voluntários que a Uopeccan possui atualmente. São mais de 700 voluntários, entre as unidades de Cascavel e Umuarama, que dedicam seu tempo aos pacientes em tratamento. Para capacitar esses voluntários, a Legião Feminina de Combate ao Câncer (LFCC) trabalha para desenvolver e orientar os trabalhos desempenhados na entidade. Além disso, auxiliam os pacientes com diversos recursos para lidarem melhor com sua autoimagem, seja através de técnicas de como usar os lenços e perucas, seja nas campanhas, trocas de experiências, momentos de interação e integração que trazem esperança e um novo olhar para si e os outros.

De acordo com o presidente da Uopeccan, Leopoldo Furlan, a trajetória da entidade teve a contribuição da população, que até hoje ajuda a manter o hospital por meio das doações. “Somos uma grande família, e essa comemoração de 30 anos dedicamos para aqueles que fazem parte dessa história de luta e amor ao próximo. Todo esse crescimento é graças ao empenho de cada pessoa que abraçou e somou forças para sermos referência no tratamento oncológico de qualidade”, destaca Furlan.

(Assessoria-CMC)

Relacionadas

Leave a Comment